Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Off Pitch

Blogue do treinador Bruno Dias

Valorizar os Jogadores? Mitos e Verdades...

xavirobinhogoncaloandre.jpg

Assisti, ontem, a um importante e oportuno debate sobre o futebol português e uma das ideias chave está na necessidade de focar a ação dos treinadores da formação na evolução do jogador, primordialmente, tornando por exclusão de partes a evolução da equipa secundária.

Na escalada até ao alto rendimento, a priorização da importância altera-se um pouco, mas não totalmente, dado que o mercado português é, maioritariamente, exportador pelo que a necessidade de aliar desenvolvimento individual ao colectivo é vital para os clubes de forma a garantir a sua sustentabilidade desportiva e financeira, alcançado bons resultados nas competições que participa e facilitando a alienação dos direitos desportivos dos atletas.

De varia ordem são os contributos necessários para o crescimento desportivo dos atletas sendo central a figura do treinador disponibilizando ao atleta as ferramentas necessárias para que este possa construir o seu futuro.

Todos os treinadores contribuem para a evolução dos atletas, alguns ajudem no seu crescimento e poucos são diferenciadores em momentos chave da carreira destes.

Nenhum treinador fez um jogador, poderá é ter contribuído pouco ou muito, para este se construir a si próprio.

A complexidade da construção humana impede a linearidade deste processo, obrigando aos líderes responsáveis que compreendam a sua real importância neste e, acima de tudo, sejam competentes e corajosos para atuar no momento certo, fazendo o certo!

Dois atletas primeiro ano sénior do mesmo clube, não têm obrigatoriamente as mesmas necessidades de treino e jogo. Como avaliar essas necessidades? Como adequar o treino individual sem beliscar o crescimento colectivo? Como avaliar se as escolhas foram as mais corretas?

Especificamente, a transição futebol formação para alto rendimento têm uma larga janela temporal e diferentes contextos competitivos para o efeito pelo que compreender e saber atuar no fenómeno em diferentes escalas é elemento diferenciador nas competências do treinador.

Caso pretendas receber conteúdos exclusivos no teu email clica aqui.