Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Off Pitch

Blogue do treinador Bruno Dias

Da (In)Formação contínua à motricidade humana.

Mou.jpg

Tal como o treino, é um processo inacabado, também o treinador deve estar em permanente transformação, procurando criar novos limites e ultrapassa-los diariamente.

A necessidade de, constantemente, procurar formação em diferentes áreas do saber é uma virtude dos humildes e dos que procuram desafiar-se a cada momento.

A informação recolhida nas distintas áreas estudadas será alavanca para a criação do próprio conhecimento.

“A produção do próprio conhecimento” segundo José Mourinho é fator diferenciador do ser treinador. A capacidade crítica que o treinador possui e a forma como integra cada informação recolhida no seu processo e a transforma em conhecimento para o seu grupo de trabalho reforçará a sua liderança.

As fontes de informação, dada a elevada oferta, devem ser filtradas permitindo deste modo um condicionamento inicial das temáticas mais relevantes em dado momento.

Escrevo sobre o treinador, poderia faze-lo sobre um gestor, aliás, sobre qualquer pessoa, esta necessidade permanente de buscar mais é condição humana, é por isso, mais uma vez, no humano que encontramos as respostas.

A produção do próprio conhecimento do Homem é ter a capacidade de obter as informações que lhe permita criar um conhecimento de si próprio para alcançar os seus objetivos, existe quem lhes chame o sentido da vida.

Se queres ser melhor treinador, tens de ser melhor pessoa e tens de a alimentar todos os dias, porque “é o Homem que és, que triunfa no treinador que podes ser” diz Manuel Sérgio.

As respostas estão em ti e se queres mais do que tens, só o conseguirás se fores mais do que és!